Logo Coach Gestão de Talentos
Artigo

IMPORTÂNCIA DE UMA ADEQUADA GESTÃO EMPRESARIAL

É comum que empresas encerrem suas atividades, mas, dificilmente, os motivos para a “mortalidade” são explicados de forma satisfatória ou de forma coerente com o que realmente aconteceu para a decadência administrativa do patrimônio.

Este trabalho, cujo tema é a importância do acompanhamento das informações disponibilizadas pelos relatórios contábeis para a sustentabilidade empresarial eficiente, tem por objetivo demonstrar que uma adequada gestão com o uso das ferramentas disponíveis na empresa proporciona maior sustentabilidade empresarial.

A ausência de controles financeiros adequados, o enquadramento tributário desfavorável e a inexistência de contabilidade gerencial são situações que concorrem, para levar as empresas a situações insustentáveis.
A primeira evidência da falta de controle começar a ser percebida quando há falta de recursos financeiros para cobrir a necessidades básicas, como disponibilidade de capital de giro, recursos para pagamentos a fornecedores, impostos. Em muitos casos, há atraso no pagamento de funcionários
Na luta para sobreviver, a empresa acaba sendo arrastada pelos problemas de gestão do capital de giro e tende a sacrificar seus objetivos de longo prazo. Boa parte de seu tempo é consumido "apagando incêndios", sendo o foco mais perigoso a falta de capital de giro, pois, na tentativa de suprir tal insuficiência, muitas empresas utilizam empréstimos de custo elevado.
Como regra, qualquer dinheiro captado a um custo maior do que a rentabilidade média da empresa é antieconômico. O financiamento de capital de giro a uma taxa real maior do que a rentabilidade pode resolver o problema imediato de caixa da empresa, mas cria um novo problema - seu pagamento.
O administrador tem consciência da inviabilidade do custo financeiro dos financiamentos de capital de giro. Ele tenta ganhar tempo, esperando que uma melhora posterior nas condições de mercado permita à empresa pagar o capital de terceiros. Todavia, quando a recuperação das vendas acontece, grande quantidade de dívidas está acumulada, com pagamento impraticável devido ao montante envolvido.
As falhas, quando cedo detectadas, podem ser sanadas ou evitadas de tal forma a não comprometerem a potencialidade de retorno do patrimônio. Para isso, é de fundamental relevância o profundo conhecimento do controle interno da empresa e da sua eficácia operacional.

O executivo responsável pelas decisões gerenciais não deve ser um mero relator de informações, mas deve continuamente estar procurando acompanhar de perto o processo produtivo, sua exposição e aceitação pelo mercado.

Esse contínuo acompanhamento envolve profundo conhecimento das etapas do processo produtivo. Tal acompanhamento, bem como a análise dos relatórios gerencias e o uso dos instrumentos gerenciais e contábeis da empresa, qualificam o administrador a efetuar uma análise critica destinada avaliar o que pode vir a onerar a produtividade e identificar providências a serem tomadas para manter a empresa no rumo desejável.



Revista: Coach - Gestão de Talentos



Voltar
Outros Artigos


© Coach Gestão de Talentos

Todos os direitos reservados

Siga-nos:

Uma empresa associada:


Subir ao Topo Pagseguro Ello Comunicação Integrada